O que aprendi

Não sou infalível e isso é muito bom!

As horas difíceis nos tiram a percepção de tanta coisa boa que foi e há de vir. Nossa mente nos sabota a ponto de enxergar a bondade como natural, daí a subestimamos ao passo que superestimamos o que fere, dói e machuca. Tivéssemos forte a lembrança da felicidade, nas pequenas e grandes coisas, teríamos mais resignação para enfrentar as crises, pois sempre haveria a gratidão pelos sorrisos passados, bem como a esperança de reconquistá-los novamente. Viver requer força e viver é muito mais  ...

Continuar Leitura...