Concursos, Recursos

Recurso Prova SLU – Cargo de Administrador

Finalmente, cá estão meus possíveis recursos para a prova de Administrador da SLU. No geral, foi uma prova muito bem elaborada no que tange à Administração, Gestão de Pessoas e Políticas Públicas. Houve dois pequenos equívocos, apenas. Seguem abaixo os motivos pelos quais o gabarito precisa ser reconsiderado, em minha humilde análise:

 

54) O poder público é considerado um cliente dos serviços públicos.

Segundo o PMBOK 6ª edição, entende-se por parte interessada ou stakeholder “um indivíduo, grupo ou organização que possa afetar, ser afetado, ou sentir-se afetado por uma decisão, atividade, ou resultado de um projeto, programa ou portfólio”. Por assim considerar, é possível que se enquadre o poder público como parte interessada ou stakeholder. A justificativa afirma clientes são “todas as partes interessadas”, mas na verdade, um cliente é uma parte interessada, mas nem toda parte interessada é um cliente. O CBOK assim define: “partes interessadas são pessoas ou organizações que, de alguma maneira, tem interesse direto ou são impactadas por alguma ação específica. Partes interessadas, em contrapartida, também influenciam ou impactam essa ação. Entre partes interessadas pode ser incluído o poder público, os prestadores de serviços, as agências reguladoras, o próprio cidadão que usufrui de bens e serviços providos pelo Estado na condição de seu “cliente”. O CBOK define que “não importa se a organização tem ou não fins lucrativos, seja pública ou privada, de micro, pequeno, médio ou grande porte, o propósito principal de uma organização é gerar valor para o cliente por meio de seus produtos e/ou serviços. Esse é o princípio que deveria direcionar todos os objetivos organizacionais. Segundo a acepção mais comum do termo cliente, considera-se aquele que tem acesso a um produto ou serviço mediante pagamento. No caso da Administração Pública, não há que se falar em pagamento direto, mas do pagamento de tributos para que o poder público cumpra as funções básicas dos orçamentos, a saber, as funções distributivas, alocativas e estabilizadoras. Portanto, os serviços públicos destinam-se a atender necessidades dos cidadãos e da sociedade, estes sim vistos como clientes ou destinatários finais das ações do Estado. Pelos motivos apontados, sugere-se a alteração da questão de correta para errada, pois ainda que todo cliente seja um stakeholder, nem todo stakeholder é um cliente, e, por não ser o poder público o destinatário final das ações do Estado, mas seu provedor, não pode ser caracterizado, a priori, como cliente, ainda que seja um stakeholder ou parte interessada.

 

80) O ciclo PDCA (plan, do, check e act) também conhecido como ciclo de Deming, em homenagem ao seu criador Shewhart é um método interativo de gestão de quatro passos que orienta a execução de determinada ação com base no conceito de melhoramento contínuo.

O ciclo PDCA, ainda que usualmente seja conhecido por ciclo de Deming, dada sua difusão pelo autor, não foi propriamente sua criação. De fato, fora criado por Shewhart e Deming nos EUA e disseminado no Japão por Deming no movimento da Administração da Qualidade Total ou TQM. Assim define Maximiano Amaru (pág. 83 e 85): “Na década de 1930, Wlater Shewhart concebeu uma versão do processo administrativo, para aplicá-la à administração da qualidade: um ciclo que se tornou conhecido como ciclo de Deming, que foi quem o divulgou na década de 1950”. O auto complementa ainda dizendo (pág. 174): “Deming também foi o divulgador do “ciclo de Shewhart”, um plano de ação para colocar em prática os 14 princípios, mas que ficou conhecido como “ciclo de Deming””. Portanto, pelos motivos apontados, sugere-se a anulação do item, pois pode gerar controvérsia desnecessária quando o que realmente deve importar ao candidato é o uso e aplicação da ferramenta.

 

Quanto à prova feita pela IBRAE, de Administrador da SEDEST, confesso que fiquei surpreso: foi bem elaborada e, ao meu ver, sem recursos cabíveis. Parabéns a eles, que depois de tanta cagada na prova anterior, conseguiram fazer uma outra bem melhor!

 

 

Abraço forte a todos, sucesso e bons estudos.

 

 

Faça um Comentário